quarta-feira, 14 de novembro de 2012

História Antiga - Quanto o Telefone Toca


O Problema é quando não chega sequer a tocar!
Lembram-se dessa espécie de programa?

Já todos estivemos acordados até tarde o suficiente para ver aquelas gajas quase boas ou aquele gajo quase heterossexual a apresentar aqueles quase programas para ligarmos para lá e tentar ganhar uns euros. É um emprego muito chato porque são vistos por muito poucas pessoas e estando sozinhos têm de encher chouriço de uma maneira quase deprimente. 
Se a ideia é animar a malta que sofre de insónias, caso consigam adormecer depois, é certinho que vão ter pesadelos com eles aos saltinhos dentro da nossa cabeça a mandar piadas totalmente ao lado e sempre mas SEMPRE com um sorriso na cara do mais forçado que pode haver.

Eu já fui uma vítima deste programa. Um dia com horários trocados não conseguia dormir e fui para a sala fazer zapping. Pois bem, parei num destes programas precisamente o que tinha a melhor gaja. A coisa afinal funciona mesmo assim. O jogo era simples: Coisas que há num Pequeno-Almoço e nisto pensei: “porque não? Coisas no pequeno-almoço e ainda não está lá Torradas? Vou ligar!".
E liguei.

Vai para um gravador que diz com aquela voz de mulher que tem sempre um teor sexual mesmo que esteja a dizer “já não foi a tempo, tente novamente mais tarde…obrigado”.
O telefone desliga-se e eu vejo que pimba(!) Custou 0,70€ esta brincadeira.

Com o mesmo raciocínio de quem compra acções na bolsa e o preço das mesmas desce, comprei mais! Ou seja, liguei novamente furioso e convicto de que me ia vingar.
Já devem ter percebido que não foi bem isso que aconteceu…

Aparece novamente o gravador da mulher sexual que diz como quem pede para praticar o amor com ela “boa noite. Que fruto faz bem aos olhos? Cenoura? Prima o número 1. Maçã? Prima o número 2. Ananás? Prima o número 3.”
Eu todo entusiasmado carreguei muito rapidamente no número 1. Já com um sorriso vencedor na minha cara, esperei pela resposta. Que não tardou em aparecer, e como estava contente, a voz da mulher ainda era mais convidativa a sexo puro e duro. E ela disse-me:
“Muito bem! Está certo! Pena não ter sido rápido o suficiente…tente novamente mais tarde”.

E foi nesse dia que o meu telemóvel nunca mais funcionou tão bem como até aí devido à atitude impulsiva e física que tive para com ele...
Quando o apanhei do chão ainda tive tempo de ver mais 0,70€ fora do meu saldo.

Tudo por causa de umas míseras torradas…

5 comentários:

LDP disse...

Numa tentativa de avaliar este post, de 0 a 10 darei um -14.

B. disse...

conseguir que tivesses lido até ao fim já é uma estrondosa vitória aqui do monte.

LDP disse...

Saíste derrotado, portanto.

O facto é que só li até "QUARTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2012".

Kim III disse...

Ahah doido és tu em ligar para lá, aquilo é uma roubalheira xD

Vitto Vendetta disse...

Num tens bergoinha?