sábado, 27 de outubro de 2012

Sim, Obrigado!


A Associação Portuguesa de Famílias Numerosas continua a defender o "Não, Obrigado" (escusam de agradecer) quando se fala da interrupção voluntária da gravidez. 

Depois de na altura do referendo terem vários cartazes extremamente sensíveis que diziam "Abortar por opção, sabendo que já bate um coração?" que mais parecia um refrão de uma música da Dina, passando por momentos de clara dislexia como "O dinheiro dos meus impostos para pagar clínicas de aborto?", mas quem é que ainda paga impostos? Por amor do vosso Deus...

Ainda nos cartazes, um núcleo mais conservador desta tão sensível associação devia criar um cartaz simples e claro, o "Não à punheta!". 
Podendo parecer descabido não o é, isto porque mantém a vontade de ter muitos filhos evitando o desperdício... 

Os membros desta doce associação normalmente são de famílias com nomes pomposos e é um crime um homem dessas famílias mastrubar-se e desperdiçar Espíritos Santos ou Sotto Mayores! Não é como atirar para o ralo alguns Pachecos ou Silvas...

"Não à punheta!" (Sim, Obrigado)

6 comentários:

Vitto Vendetta disse...

Foda-se, posso tar com a passa, mas ainda não fechei a cremalheira desde que vi os vossos posts. Sinto-me um Bruno César.

Constantino disse...

B.licious (para além do texto mais parvo, quero reclamar para mim a autoria do comentário mais idiota).

lawrence disse...

Não ao radicalismo!
Porque não "punheta sem ejaculação!"?

B. disse...

Estou apaixonado pelo contágio de estupidez que para aqui vai...

Kim III disse...

Cristãos do Caralho.

Este blog é um must... ahha

Kim III disse...

Cristãos do Caralho.

Este blog é um must... ahha